Secretaria Munucipal de Saúde

Apresentação

A Secretaria Municipal de Saúde tem por missão assegurar aos munícipes o acesso aos serviços de saúde, coordenando, planejando e avaliando a política e as ações de saúde no município, tendo como referência a resolutividade dos serviços, visando a promoção, a prevenção e a recuperação da saúde para a melhoria da qualidade de vida da população.

À esta Secretaria compete o desenvolvimento das atividades relacionadas com o Sistema Único de Saúde, especialmente no que se refere à saúde pública e medicina preventiva; atividades médicas, de enfermagem, odontológicas e sanitárias; educação para a saúde; vigilância sanitária; vigilância epidemiológica; distribuição de medicamentos básicos e a formulação de políticas de saúde.Também é responsável por formular e executar a política municipal de saúde. Parte do Sistema Único de Saúde (SUS), a Secretaria é norteada pelos princípios deste sistema, que tem como propósitos promover a saúde, priorizando as ações preventivas e democratizando as informações relevantes para que a população conheça seus direitos e os riscos à sua saúde.
Além das principais atribuições como formular e coordenar a política municipal de saúde e supervisionar sua execução nas instituições que integram sua área de competência, em coordenação com o Conselho Municipal de Saúde tem a coordenação do Programa de Saúde Familiar (PSF). Além disso, participa do planejamento, programação e organização da rede regionalizada e hierarquizada do Sistema Único de Saúde – SUS, no seu âmbito de atuação, em articulação com a direção estadual e nacional do Sistema

Endereço e informações para contato

Av. Lucas Evangelista Guedes

Maria da Fé - MG

CEP:

Telefone: (35) 3662-1640 / 3662-1752

E-mail:

Horário de Atendimento: 08:00 às 17:00 de seg à sex

Responsáveis

Nome Cargo
Juliana Zaroni Faria Batista Secretária de Saúde

PSF - Programa de Saúde Familiar

 O Programa de Saúde da Família – PSF tem o objetivo de desenvolver ações de promoção e proteção à saúde do indivíduo, da família e da comunidade, prestando assistência integral, na unidade de saúde e no domicílio de forma contínua, com resolubilidade e boa qualidade às necessidades de saúde da população, intervindo sobre os fatores de risco no qual a população está exposta.

O PSF elege a família e o seu espaço social como núcleo básico de abordagem no atendimento à saúde, humaniza as práticas de saúde através do estabelecimento de vínculo entre os profissionais de saúde e a população, proporciona parcerias através do desenvolvimento de ações intersetoriais, contribui para a democratização do conhecimento do processo saúde / doença, da organização dos serviços e da produção social da saúde, faz com que a saúde seja reconhecida como um direito de cidadania e, portanto, expressão da qualidade de vida e estimula a organização da comunidade para o efetivo exercício do controle social.

Saúde do Adulto / Idoso

As ações em promoção à saúde do adulto / idoso envolvem as seguintes atividades:

  •  Controlar a pressão arterial;
  •  Orientar sobre dietas especiais e alternativas, práticas de esportes, trabalho e atividades da vida diária que afetam a saúde;
  • Orientar sobre a prevenção de doenças cardiovasculares – dieta, exercícios físicos e uso do cigarro e das bebidas alcoólicas;
  • Orientar sobre agentes externos causadores de doenças, como: alcoolismo, toxicomanias, tabagismo, poluição, etc.;
  • Orientar sobre a prevenção do câncer;
  • Orientar o idoso sobre limpeza e curativo de feridas, hidratação cuidados com os pés, alimentação, higiene corporal, atividade física, etc.;
  • Orientar sobre a prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis;
  • Orientar as famílias para o cuidado e apoio aos pacientes crônicos e às pessoas idosas;
  • Organizar e supervisionar grupos de pacientes: hipertensos, diabéticos, gestantes, jovens (planejamento familiar, DST/AIDS), doentes mentais, etc.;
  • Promover o bem estar físico e psíquico da população com mais de 60 anos, incentivando sua permanência na comunidade.

Saúde da Mulher 

As ações voltadas para a saúde da mulher envolvem:

  • Diminuir a morbi-mortalidade feminina por causas preveníveis e controláveis;

  • Melhorar a qualidade de atendimento à mulher em todas as faces do sei ciclo vital;

  • Detecção precoce das patologias sistêmicas do aparelho reprodutivo e DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis), assegurando o tratamento;

  •  Orientação sobre planejamento familiar para a escolha e uso do método    contraceptivo adequado;

  •  Fazer o acompanhamento pré-natal de todas as gestantes (mínimo de 06 consultas durante a gestação), intensificando o número de visitas dos casos de alto risco. Fazer o cartão da gestante;

  • Prevenir o Tétano neonatal e a difteria, vacinando a gestante com vacina dupla tipo adulto;

  • Criar grupos de gestantes, para debater Práticas de Educação em Saúde;

  • Discutir sobre a sexualidade e relacionamento do casal na gravidez;

  • Estimular aleitamento materno;

  • Cuidado com o recém-nascido, acompanhamento e desenvolvimento;

  • Diminuir a mortalidade perinatal com o cuidado à gestante, de risco;

  • Fazer a prevenção do câncer do colo do útero e da mama;

  • Orientar a mulher na sua fase climatérica.

     

Saúde da Criança

 

  • Reduzir a morbi-mortalidade nas crianças;
  • Promover a assistência ao recém-nascido, o aleitamento materno e a orientação alimentar adequada para a idade;
  • Promover acompanhamento do desenvolvimento físico e psíquico da criança, como ação eixo da assistência;
  • Imunizar todas as crianças, conforme esquema estadual, supervisionando o seu crescimento;
  • Orientar sobre a prevenção de verminoses;
  • Promover atividades de educação para a saúde, com ênfase na participação da família na assistência à criança, na prevenção de acidentes e das doenças mais freqüentes.

Saúde do Adolescente

 

  • Promover a saúde integral do adolescente, favorecendo o processo geral do seu crescimento e desenvolvimento, buscando reduzir morbi-mortalidade e os desajustes individuais e sociais;

  • Planejar e elaborar com os diferentes setores um plano estratégico de ações específicas para adolescentes, voltados à saúde reprodutiva e saúde materna infantil.